ARTIST ROSTER TOUR DATES NEWS HOME

Os trópicos de Caetano Veloso

< Back

Tuesday December 12, 2017

From Le Monde Diplomatique Brazil

Os trópicos de Caetano Veloso
By:Guilherme Henrique

Em entrevista que será publicada na primeira edição de 2018 do Le Monde Diplomatique Brasil, Caetano Veloso exercitou o mesmo olhar reflexivo e crítico que fez do Tropicalismo um dos movimentos culturais mais celebrados do mundo. Política, música, literatura e outros temas foram esmiuçados pelo artista nessa conversa.

Le Monde Diplomatique: Em Fora de Ordem você diz que “Aqui tudo parece que é ainda construção e já é ruína”. Em recente entrevista ressaltou o fato de o Brasil ter algo meio ‘’desafinado’’. Ainda que essas frases tenham sido construídas em momentos diferentes, isso sugere um Brasil caminhando para a melancolia e descrença?

Caetano Veloso: A frase de Fora da Ordem vem de Lévi-Strauss, um autor que me impressionou desde o final dos anos 60. Em Tristes Trópicos ele apresenta alguns retratos pessimistas do Brasil e essa fórmula de construções em estado de ruínas é algo que a gente pode reconhecer em mil lugares e momentos do país. O “desafinado” tem algo a ver com isso. É a óbvia inadequação dos talentos, o desperdício de possibilidades. Visões como a descrita por Lévi-Strauss são melancólicas. Mas não sinto o Brasil caminhando para a melancolia. Em muitos momentos vejo que o grande inventor do estruturalismo não tinha sensibilidade para apreciar as energias históricas de países vira-latas como o Brasil.

To read more, click here